Desportiva Ferroviária - O time do povo capixaba! Nossa Loja

InformaTiva 002: Processo de liquidação da Desportiva Capixaba S/A

Em quarta-feira, 3 maio de 2023

A Associação Desportiva Ferroviária, clube tradicional do futebol do Espírito Santo, vem a público dar transparência sobre o andamento do processo de dissolução da Desportiva Capixaba S/A, cujo, na última semana, foi nomeado o administrador judicial responsável pela liquidação desta sociedade.

Como é de conhecimento público, no ano de 1999 a Desportiva Ferroviária se uniu ao grupo Villa-Forte & Oliveira Empreendimentos e Participações S.A. na criação da Desportiva Capixaba. O objetivo principal da sociedade era fortalecer o futebol do clube. Porém, o Grupo Villa-Forte & Oliveira cumpriu apenas com 10% da integralização do patrimônio previsto nos societários firmados à época, conforme estabelecido nos próprios autos, o que prejudicou fortemente os objetivos da nova sociedade, principalmente os desportivos.

Adicionalmente, esta sociedade também trouxe uma outra consequência negativa, já que o patrimônio do clube ficou exposto diante de ações judiciais nas quais o Grupo Villa-Forte & Oliveira constava no polo passivo. E de fato, como a Desportiva Capixaba passou a pertencer ao grupo econômico Villa-Forte & Oliveira, o maior ativo do clube foi penhorado. Vale reforçar, no entanto, que a Desportiva Ferroviária e sua investida Desportiva Capixaba nunca tiveram qualquer relação direta com os passivos que resultaram na penhora em seu estádio.

Neste contexto, recentemente o liquidante judicial dos ativos e passivos da Desportiva Capixaba manifestou o seu desejo de que o estádio seja leiloado o mais rápido possível, a fim de gerar recursos necessários para que o grupo Villa-Forte & Oliveira cumpra acordos firmados com credores, os quais, inclusive, já estão inadimplentes.

Diante destes fatos, a diretoria da Desportiva vem a público reafirmar o seu compromisso com a transparência sobre o andamento do caso, de modo que os torcedores e a comunidade local estejam cientes dos riscos envolvidos. A diretoria também reforça que está empenhada em encontrar soluções cabíveis para proteger o nosso patrimônio. Nossos representantes jurídicos já foram acionados e estão trabalhando para resguardar os interesses do clube!

É importante ressaltar que o estádio Engenheiro Alencar de Araripe é um patrimônio histórico e cultural da cidade de Cariacica e de todo o Espírito Santo, sendo um pilar importante para a continuidade da Desportiva Ferroviária enquanto instituição desportiva.

Outrossim, a possível realização do leilão coloca em xeque o funcionamento da escola EMEF Eliezer Batista, a qual está estabelecida nas dependências do estádio, bem como prejudicaria fortemente a criação da Sociedade Anômima de Futebol (SAF), projeto anunciado com entusiasmo recentemente pelo clube. Sobre esse último ponto, os representantes da Meden Consultoria, parceira da Desportiva Ferroviária na criação da SAF, também já foram formalmente comunicados sobre o caso e se mostraram preocupados com a situação.

Não temos dúvida que a perda do estádio seria – não apenas – um duro golpe para o clube, mas para o futebol capixaba como um todo. A Desportiva Ferroviária conta com o apoio da torcida e da comunidade local para superar este momento difícil e garantir um futuro próspero para o clube. Juntos, podemos superar essa adversidade e continuar escrevendo a nossa história.

Patrocinadores
Parceiros